Peço um instante de seu tempo, para você nos ajudar a promover o blog curtindo a Fanpage do Nosso Grupo Informe Cultura

10 coisas mais bizarras encontradas dentro de um estômago




 1º - Uma bola de cabelos de 4,5kg (mulher não identificada de 18 anos – New England, EUA) A paciente disse que tinha o hábito de comer seus próprios cabelos, uma condição chamada de tricofagia. Os médicos tentaram utilizar pequenas incisões para remover a massa, mas não conseguiram evitar uma cirurgia de grande porte para remover toda a massa.
 
 
 



2º - Sapos e ratos ainda vivos (Jiang Musheng, 66 anos, China) Musheng contou que sofria com dores e com tosses intermináveis até os 26 anos quando um idoso chamado Yang Dingcai sugeriu que ele engolisse sapos ainda vivos para aliviar o mal.
 
 
 
3º - 20 seixos* (mulher chinesa não identificada) *seixo é o mesmo que pedregulho. Em 2006 uma mulher chinesa engoliu mais de 20 seixos em um momento de irreflexão depois de uma briga com o namorado.
 
 
 
 
 

4º - Michel Lotito nascido em 1950 é um famoso consumidor de coisas indigeríveis conhecido como Monsieur Mangetout (Sr. Come de Tudo). Suas performances incluem o consumo de metal, vidro, borracha e outros itens como bicicletas, televisões, um pequeno avião e itens menores que são desmontados, cortados e engolidos.
 
 
 
 
 

 5º - Peças de um brinquedo de imãs (menino não identificado – EUA) Esse raio-x mostra um menino que engoliu peças magnéticas de um brinquedo um de cada vez. Quando elas chegaram ao seu estômago, se conectaram, pinçando parte do órgão. Foi necessária cirurgia para remover os ímãs.
 
 
 
 
 


6 º - Molas de colchão, pilhas e mais (prisioneiros não identificados – EUA) Raios-x da Prisão Central em Raleigh mostram itens como molas de colchão e pilhas que os prisioneiros engoliram para poder ganhar viagens para hospitais fora da cadeia.
 
 
 
 
 

 7 º - Alfinete de Fralda
 
 
 
 
 


8º -  Conjunto de Pilhas pra Relógio
 
 
 
 
 


9 º -  Chave de Carro
 
 
 
 
 

10 º - Garfo


Nenhum comentário:

Postar um comentário